• Facebook
  • twitter
  • youtube

2ª Reunião do GTI do Feminicídio

Em 11/04/2016

 

reunião 7Durante 3 dias a representante da ONU Mulheres, Vânia Pazzinato esteve em São Luís para a segunda reunião do GTI do Feminicídio sobre a construção da implantação das diretrizes da Lei no Estado. A coordenação dos trabalhos é da Secretaria de Estado da Mulher.  Foram três dias de conversas e reuniões que resultaram na apresentação das propostas elaboradas com atividades, formas de execução e cronograma e encaminhamentos sobre o tema.

O Grupo é formado por representantes das Secretarias de Estado da Mulher, Segurança Pública; Polícia Militar; Ministério Público e Defensoria Pública. O grupo tem 6 meses para construir as diretrizes estaduais que vão investigar, processar e julgar, com perspectiva de gênero as mortes violentas de mulheres.  Apenas cinco estados foram escolhidos para realizar o trabalho de construção das diretrizes estaduais. O Maranhão está entre eles, por apresentar uma ambiência política favorável, “o trabalho que o Governador Flávio Dino tem realizado de integração das secretarias e sua experiência como jurista, são pontos favoráveis”, disse a Secretária Adjunta da Mulher Susan Lucena. reunião 5 (450x338)

A perícia criminal faz parte do grupo e é um componente fundamental para a composição laudo para a formalização da culpa. “O laudo dá a fundamentação técnica e científica para a aplicação da pena. Aprendemos muito sobre em que consiste o Feminicídio e sem dúvida seremos multiplicadores da importância do trabalho aplicado. O perito tem um olhar mais apurado aos vestígios que se apresentam para formalização da convicção e da dinâmica do local do crime”, disse a Perita Criminal e Gestora do Instituto Laboratorial de Análise Forense, Gisley George Mendes Pinheiro.

Para a consultora da ONU Mulheres Vânia Pazzinato, o processo da construção das políticas de enfrentamento ao Femincídio está sendo proveitoso. “Percebemos o compromisso de cada entidade, de cada instituição para a implantação das diretrizes no estado, e o Maranhão servirá de exemplo para todo o país”. Todos nós juntos vamos mostrar para o Brasil que não toleramos a morte de nem uma mulher de maneira injustificável e de uma maneira evitável, conclui Vânia.

A próxima reunião do GTI do Feminicídio acontecerá no dia 4 de abril aonde serão estabelecidos prazos para realização das ações propostas pelos diferentes órgãos. No dia 8 de abril serão lançadas as diretrizes nacionais em Brasília.

reunião 5 (450x338)

Vânia Pazzinato (450x338)

vânia e susan (450x338)

reunião 2 (450x338)

Endereço

Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n
Palácio Henrique de La Rocque – 2º Andar
Jardim Renascença – São Luís – MA
CEP: 65070-901

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta, das 13h às 19h

OUVIDORIA DA MULHER
(98) 98427-1002

(98) 98427-3681

De segunda à sexta, das 09h às 19h

Localização

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br