• Facebook
  • twitter
  • youtube

Mulheres e juventude negra ganham espaço de discussão na 11ª Feira do Livro

Em 13/11/2017

felisA 11ª Feira do Livro de São Luís teve sua abertura oficial na última sexta-feira (10.11). A Secretária de Estado da Mulher Terezinha Fernandes, foi a mediadora do primeiro painel que falou sobre a Patrona da Feira, Maria Firmina dos Reis com a escritora, poetisa e contista Luiza Lobo.

No sábado (11.11) a Feira do Livro ganhou um importante espaço para debates e discussões sobre mulher e a juventude negra. O Espaço Raimunda Pereira – Dica é coordenado pelas Secretarias de Estado da Mulher, Juventude e Igualdade Racial. Até o dia 19.11 vão acontecer no espaço  mesas redondas, oficinas e palestras, onde as duas temáticas serão debatidas.

Promovida por meio de parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Governo do Maranhão, a 11ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS) será realizada de 10 a 19 de novembro, em diversos pontos do Centro Histórico. Além da exposição de obras de autores locais, nacionais e internacionais, a feira também terá vários ambientes para debates literários e sociais com escritores, pesquisadores e poetas locais e nacionais.

O Espaço ‘Raimunda Pereira – Dica’ tem como proposta, trazer lideranças e/ou escritores e escritoras locais e nacionais para dialogar e manter debate sobre temáticas ligadas ao protagonismo da mulher e da juventude negra dentro do espaço da 11ª FeliS. A partir dessa proposta, os convidados do espaço, debaterão sobre temas como Juventude e Literatura, Juventude Negra, Protagonismo Juvenil, Religiões de Matriz Africana, Gênero e Diversidade, Racismo e Preconceito na Escola, Feminicídio, entre outros.

A Secretária da Mulher Terezinha Fernandes, falou sobre a importância do espaço e lembrou da responsabilidade de pela formação dos jovens “o combate a violência contra a mulher vem de casa, é mais fácil educar uma criança do que recuperar um adulto”, disse a secretária que convidou a todos a participarem da campanha da SEMU dos 16 dias de Ativismo que vai tratar sobre o Feminicídio. “Na segunda vamos participar da audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado que institui o dia 13 de novembro o dia de Combate ao Feminicídio no Estado, uma decisão muito acertada do nosso Governador Flávio Dino, a luta é grande e não vamos parar enquanto houver violência contra a mulher”, finalizou a Secretária.

 

Convidados nacionais

Nilma Lino

A pedagoga e ex-ministra das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, participará da conferência “Mulher, Igualdade Racial e Direitos Humanos”, na quinta-feira (16), a partir das 20h.

Jhon Carvalho

Ator, dançarino, escritor e vencedor do prêmio Malê de Literatura 2016, Jhon Carvalho participará da Roda de Conversa “Juventude, Representatividade e Literatura”, que acontecerá na quinta-feira (16), às 10h e fará a apresentação do conto “Mãe Preta” na sexta-feira (17), às 15h.

Maurício Pestana

O escritor, roteirista e ex-secretário de Igualdade Racial de São Paulo, participará da conferência “Gênero e raça na literatura brasileira pós Lei 10.639”  na segunda-feira (13), às 20h e estará presente no Café Literário na terça-feira (14), a partir das 17h30.

Bruno Ramos

Presidente do Conselho Nacional de Juventude na pasta de cultura, Bruno Ramos, que também é vice-presidente da Liga do Funk, projeto que oferece formação artística e consciência política e de gênero e orientação de carreira para jovens, estará presente no Café Literário na segunda-feira (13), a partir das 17h30, dialogando sobre a temática “Quem é essa tal de juventude negra?”.

DICARaimunda Pereira – Dica

Mulher, mãe, liderança comunitária e de movimentos sociais. Raimunda Pereira, a Dica é o exemplo de mulher que nunca fugiu da luta diária pelo bem comum de todos e todas. Por tudo isso, Dica dá nome ao espaço que colocará em pauta, a realidade da mulher e da juventude negra, de responsabilidade da Seejuv, Seir e Semu.

Dica morou e militou por muitos anos junto às comunidades do Polo Coroadinho, procurando sempre promover a luta coletiva em busca de melhorias para a população das comunidades da região. Mas a luta dessa grande maranhense foi além. Dica se envolveu em uma causa mais ampla, a causa das mulheres e da juventude que buscavam seu espaço na sociedade, participando de vários movimentos sociais, como a Rede de Educadores Populares do Nordeste e a Rádio Comunitária Conquista FM, no bairro do Coroadinho.

“Ela nos deixou seus princípios, e nós seus filhos estamos dando continuidade, esse espaço tem muitos significados. quando olho para cada um que está aqui e que conviveu com ela eu vejo um pouco dela também. Lembro da Rádio Comunitária Conquista FM quando ela dizia que tem que se dar vez e voz para o povo para que ele consiga ter direito, por isso ela sempre dizia: Preto e pobre só tem valor se for doutor, são as palavras delas, os exemplos que ela deixou que me dão forças pra seguir”, disse em tom de emoção a Secretária Extraordinária da Juventude Tatiana Pereira.

WhatsApp Image 2017-11-11 at 20.29.08 WhatsApp Image 2017-11-11 at 20.29.09 (1)WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.22.04

WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.21.43  WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.23.08 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.24.54WhatsApp Image 2017-11-11 at 20.29.09 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.25.23 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.26.55 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.27.42 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.28.06 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.28.34 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.28.50 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.29.09 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.29.37 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.30.50 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.32.04 WhatsApp Image 2017-11-11 at 23.32.26

Endereço

Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n
Palácio Henrique de La Rocque – 2º Andar
Jardim Renascença – São Luís – MA
CEP: 65070-901

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta, das 13h às 19h

OUVIDORIA DA MULHER
(98) 98427-1002

(98) 98427-3681

De segunda à sexta, das 09h às 19h

Localização

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br