• Facebook
  • twitter
  • youtube

REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO LUÍS TERÁ “ESPAÇO MULHER”

Em 16/04/2015

 

A secretária Laurinda Pinto reuniu  os parceiros para a capacitação visando o atendimento especializado por meio do Espaço Mulher

A secretária Laurinda Pinto reuniu os parceiros para a capacitação visando o atendimento especializado por meio do Espaço Mulher

A Secretaria de Estado da Mulher- SEMU está revitalizando o projeto ”Reaparelhamento da Rede de Atendimento à Mulher da Região Metropolitana de São Luís”
, com o objetivo de garantir às instituições da rede de enfrentamento à viol~encia contra a mulher, o acesso ao sistema informatizado implementado pela SEMU, por meio da adequação de estrutura e espaços, além de fornecer suporte aos parceiros para o recebimento de suas demandas de atendimento á mulher vítima de violência. A estrutura se chamará “Espaço Mulher” e vai disponibilizar um atendimento específico, com profissionais especializados que identificarão as situações de vitimização da mulher, agilizando os encaminhamentos e realizando o acompanhamento do atendimento até a finalização.

O projeto integra o convênio n° 762113/2011 formalizado entre a SEMU e a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. Por meio do convênio, a SEMU  disponibilizou a instalação de 38 kit’s de informática, para o acesso ao sistema dos 38 parceiros da rede, assim como adquiriu e instalou o mobiliário. Está em fase de execução a adaptação das máquinas ao sistema e a capacitação dos parceiros.

Já foram realizadas reuniões com as instituições de saúde, segurança, justiça e assistência social  que atendem a região metropolitana, para capacitação relativa ao fluxo da rede, aproximação dos parceiros e compartilhamento das funcionalidades.

O funcionamento do projeto vai viabilizar a otimização do atendimento à mulher que sofre todo e qualquer tipo de violência. A experiência já acontece no  Socorrão II  como “Sala de Atividades Especiais”  e só nos últimos três meses, identificou 217 casos que recebem o  acompanhamento especializado.  Desses,  75 casos foram registrados em janeiro, 80 em fevereiro e 62 casos em março, tendo como vítimas mulheres adultas, adolescentes e idosas.

 

No Socorrão II a experiência já funciona com sucesso.

No Socorrão II a experiência já funciona com sucesso.

Instituições Parceiras do projeto:

01 Casa Abrigo/TJ
02 Instituto Médico Legal
03 Delegacia Especial da Mulher
04 Plantão Central da Beira – Mar
05 Delegacia da Vila Embratel
06 Delegacia do Cohatrac
07 Delegacia do Maiobão
08 Delegacia da Cidade Operária
09 Delegacia de São José de Ribamar
10 Delegacia da Raposa
11 Centro de Ref.de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Casa da Mulher
12 Unidade Mista Itaqui – Bacanga
13 Unidade Mista – Coroadinho
14 Unidade Mista – Bequimão*
15 Unidade Mista– São Bernardo
16 Maternidade Marly Sarney
17 Maternidade Benedito Leite
18 Hospital da Mulher
19 Hospital Djalma Marques – Socorrão I
20 Hospital Clementino Moura – Socorrão II
21 UPA  Araçagy
22 UPA Vinhais
23 UPA Parque Vitória
24 UPA Itaqui -Bacanga
25 UPA Cidade Operária
26 Defensoria Pública do Estado do Maranhão – Núcleo da Defesa da Mulher
27 15ª Promotoria de Justiça Especializada da Mulher
28 16ª Promotoria de Justiça Especializada da Mulher
29 1ª Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar c/ a Mulher
30 CREAS – Cidade Operária
31 CREAS – São Francisco
32 CREAS – Itaqui-Bacanga
33 CREAS – Coroadinho
34 CREAS – Sol e Mar
35 CREAS – Paço do Lumiar
36 CREAS –  São José de Ribamar
37 CREAS – Raposa
38 A definir

 

 

Endereço

Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n
Palácio Henrique de La Rocque – 2º Andar
Jardim Renascença – São Luís – MA
CEP: 65070-901

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta, das 13h às 19h

OUVIDORIA DA MULHER
(98) 98427-1002

(98) 98427-3681

De segunda à sexta, das 09h às 19h

Localização

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br