• Facebook
  • twitter
  • youtube

Secretarias articulam ações para meninas e mulheres quilombolas

Em 1/10/2015
SES e SEMU articulam ações para meninas quilombolas

SES e SEMU articulam ações para meninas quilombolas

Uma reunião técnica de alinhamento entre as Secretarias da Mulher e da Saúde do Estado discutiu a saúde integral das meninas e mulheres quilombolas do estado.  A demanda surgiu após escutas da Secretária de Estado Laurinda Pinto e sua equipe técnica durante as viagens da Carreta da Mulher e das Conferências Estaduais aos municípios de Itapecuru Mirim e Icatu. Uma das reivindicações das mulheres é sobre a falta de cobertura vacinal contra o HPV nessas comunidades. Demanda acolhida, a Secretária chamou os departamentos de Saúde da Mulher, Imunização, da Criança e do Adolescente da Secretaria de Estado da Saúde para fazer encaminhamentos para atender as necessidades das mulheres dessas regiões.

As ações de intersetorialidade entre as secretarias de estado são uma prioridade do Governo Flávio Dino “É importante essa integração e articulação entre as secretarias essa informação trazida por essas escutas da Secretaria da Mulher auxiliam no direcionamento das nossas políticas”, disse Emanuela Brasileiro de Medeiros, Chefe do Departamento de Saúde da SES.

ações integradas beneficiarão mulheres

ações integradas beneficiarão mulheres

Durante a reunião foi discutida a ausência de cobertura vacinal e a não utilização da caderneta de saúde da adolescente. Foram feitos encaminhamentos para a elaboração de um plano estratégico de cobertura de vacinação e imunização das meninas quilombolas e a intervenção junto aos prefeitos dos municípios para garantir essa cobertura vacinal. “Com a ausência da vacinação por conta muitas das vezes do descaso, preconceito e discriminação contra os direitos sexuais e reprodutivos das meninas, estamos nos responsabilizando por uma geração de mulheres que podem desenvolver o câncer de colo do útero, por isso a necessidade de intervenção do estado nesses municípios para cobrar da atenção básica essa tarefa de imunizar essas meninas”, disse a Chefe da Assessoria de Planejamento e Ações Estratégicas Lúcia Azevedo

reunião discute ações integradas entre SEMU e SES

reunião discute ações integradas entre SEMU e SES

Fortalecer as lideranças e muni-las de informação contra o pré-conceito que ainda existe sobre a vacinação das meninas é outra ação em conjunto entre as secretarias da Mulher e da Saúde.  “Precisamos fortalecer essas comunidades, porque desinformação gera discriminação o caminho é conscientizar sobre o tema. Esbarramos com alguns segmentos da sociedade reacionários, machistas e religiosos que acham que a vacina esteriliza, que estimula as meninas a terem relações muito cedo, entre outras”, disse a chefe da Asplan Lúcia Azevedo.

A proposta é ampliar a discussão intersetorial, na próxima reunião que acontecerá no próximo dia 7, serão chamadas as Secretarias de Educação e Igualdade Racial.

 

Endereço

Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n
Palácio Henrique de La Rocque – 2º Andar
Jardim Renascença – São Luís – MA
CEP: 65070-901

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta, das 13h às 19h

OUVIDORIA DA MULHER
(98) 98427-1002

(98) 98427-3681

De segunda à sexta, das 09h às 19h

Localização

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br