• Facebook
  • twitter
  • youtube

SEMU capacita servidores da Rede de Atendimento da Região Metropolitana

Em 16/07/2015
Profissionais participam de qualificação

Profissionais participam de qualificação

Servidores do Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, receberam a capacitação “Implantação do Sistema de Reaparelhamento da Rede de Enfrentamento a Violência Contra a Mulher e Atualização de Notificação Compulsória”. O projeto foi implantado através de um convênio formalizado entre a Secretaria de Estado da Mulher – SEMU e a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

Na região Metropolitana da Ilha de São Luís, 38 instituições públicas integram a Rede de Atendimento à Mulher; hospitais, delegacias e CREAS estão cadastrados a rede. O objetivo é garantir às instituições que receberam o aparelhamento (computador, impressora e móveis), o acesso ao sistema informatizado, implementado pela SEMU, para o recebimento de suas demandas de atendimento. A SEMU além de reaparelhar a Rede de Atenção à Mulher, viabilizar o acesso da Rede ao sistema informatizado, aproxima seus parceiros através do mesmo sistema, compartilhando suas funcionalidades na rede.

Participantes da Capacitação da Rede de Atendimento

Participantes da Capacitação da Rede de Atendimento

“O sistema está em pleno funcionamento”, disse o Encarregado do Sistema de Informática da SEMU, Paulo Simplício e facilitador na capacitação no Socorrão II “o sistema veio para atender uma necessidade de saber o que está acontecendo com essa mulher, nele são registradas as notificações e encaminhamentos, precisamos saber como ela está sendo atendida e gerar dados estatísticos para que a gente possa implementar políticas públicas para o atendimento a violência contra a mulher”, concluiu Paulo.

Profissionais se capacitam no programa da Rede de Atendimento à Mulher

Profissionais se capacitam no programa da Rede de Atendimento à Mulher

 

 

Silvia Leite, Coordenadora do Setor de Atividades Especiais do Socorrão II disse: “essa é uma ferramenta ajuda na abertura de inquéritos, pois nela são anexados virtualmente áudios, fotos e documentos que vão fornecer todos os subsídios para uma sentença”, disse Silvia. A capacitação teve a participação de profissionais dos CRAS, CREAS do Distrito Tirirical e da secretaria da Mulher de Paço do Lumiar, “fizemos essa parceria pela proximidade com o município e pelo número de incidências de casos de violência contra a mulher, contra o idoso e contra a criança em Paço do Lumiar”, concluiu Silvia Leite.

O hospital Socorrão II notifica por mês uma média de 30 casos de violência contra a mulher. O local, que é parceiro do projeto tem uma sala de atendimento às mulheres vítimas de violência, lá elas são acolhidas, orientadas, acompanhadas e aonde são feitos os encaminhamentos legais para a punição dos culpados. A orientação da Coordenadora do Setor de Atividades Especiais do Socorrão II, Silvia Leite é: “A denúncia ainda é a melhor arma contra violência”.

Equipe de Atendimento à Mulher do Socorrão II

Equipe de Atendimento à Mulher do Socorrão II

Silvia Leite mostra o Espaço Mulher no Socorrão II

Silvia Leite mostra o Espaço Mulher no Socorrão II

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Instituições Parceiras do projeto:

01 Casa Abrigo/TJ
02 Instituto Médico Legal
03 Delegacia Especial da Mulher
04 Plantão Central da Beira – Mar
05 Delegacia da Vila Embratel
06 Delegacia do Cohatrac
07 Delegacia do Maiobão
08 Delegacia da Cidade Operária
09 Delegacia de São José de Ribamar
10 Delegacia da Raposa
11 Centro de Ref.de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Casa da Mulher
12 Unidade Mista Itaqui – Bacanga
13 Unidade Mista – Coroadinho
14 Unidade Mista – Bequimão*
15 Unidade Mista– São Bernardo
16 Maternidade Marly Sarney
17 Maternidade Benedito Leite
18 Hospital da Mulher
19 Hospital Djalma Marques – Socorrão I
20 Hospital Clementino Moura – Socorrão II
21 UPA  Araçagy
22 UPA Vinhais
23 UPA Parque Vitória
24 UPA Itaqui -Bacanga
25 UPA Cidade Operária
26 Defensoria Pública do Estado do Maranhão – Núcleo da Defesa da Mulher
27 15ª Promotoria de Justiça Especializada da Mulher
28 16ª Promotoria de Justiça Especializada da Mulher
29 1ª Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar c/ a Mulher
30 CREAS – Cidade Operária
31 CREAS – São Francisco
32 CREAS – Itaqui-Bacanga
33 CREAS – Coroadinho
34 CREAS – Sol e Mar
35 CREAS – Paço do Lumiar
36 CREAS –  São José de Ribamar
37 CREAS – Raposa
38 A definir

 

 

 

Endereço

Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n
Palácio Henrique de La Rocque – 2º Andar
Jardim Renascença – São Luís – MA
CEP: 65070-901

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta, das 13h às 19h

OUVIDORIA DA MULHER
(98) 98427-1002

(98) 98427-3681

De segunda à sexta, das 09h às 19h

Localização

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br