• Facebook
  • twitter
  • youtube

SEMU realiza capacitação com os Organismos de Políticas Para as Mulheres sobre a utilização do Boletim Online.

Em 27/07/2020

Com o intuito de orientar as secretárias municipais de políticas para as mulheres, sobre a utilização e registro de denúncias de casos de violência doméstica através do Boletim Online a Secretaria de Estado da Mulher realizou na tarde da última sexta-feira (10), uma capacitação por video conferência sobre como utilizar a ferramenta. A atividade contou com a participação de mais de 20 municípios.

Devido a  pandemia, houve uma subnotificação dos casos de violência doméstica, muitas mulheres impossibilitadas de sair de casa e convivendo com os seus agressores, a possibilidade de realização da denúncia pela internet é fundamental para quebrar esse ciclo de violência. A secretária de Estado da Mulher, Nayra Monteiro, destacou a importância do evento para auxiliar as mulheres, na garantia de seus direitos.

“Com a subnotificação dos casos de violência doméstica, agora temos essa nova ferramenta que possibilita fazer a denúncia pela internet. Devido ao isolamento social provocado pela pandemia gerada pela Covid-19, várias mulheres passam mais tempo com o seu agressor sofrendo violência e não conseguem realizar a denúncia. Agora de casa elas fazem a denúncia e solicitam a medida protetiva de urgência”, pontuou a Secretária

“Realizamos essa capacitação para explicar para as gestoras municipais, como é feito o registro e em quais casos ele é aplicado, uma vez que a ferramenta está disponível para todos os municípios do nosso estado.” ressaltou Nayra Monteiro.

Colhendo Frutos

Com uma semana após a capacitação vários municípios já estão utilizando a ferramenta e registrando os casos de violência doméstica.

“No nosso município, várias mulheres não denunciavam os casos de violência doméstica, era sempre muito difícil ir na delegacia. Agora, com a possibilidade do Boletim Online, onde fazemos aqui no Secretaria da Mulher conseguimos ajudar essas mulheres. Com apenas uma semana de atendimentos já realizamos mais de 10 denúncias e o melhor a mulher já sai com a sua medida protetiva.” pontou Izanilde Leite,  Secretária Municipal de Igarapé do Meio

Boletim Online

No Maranhão, os casos de violência doméstica podem ser registrados pela internet. A lei, que já está em vigor, estabelece que o Boletim de Ocorrência de crimes de violência doméstica poderá ser feito agora por meio do site da Delegacia On-line (https://delegaciaonline.ssp.ma.gov.br/), disponibilizado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), devendo constar, ainda, a opção de a vítima manifestar interesse em requerer a medida protetiva de urgência, prevista na Lei Federal nº 11.340/2006. Art. 3º.

Endereço

Avenida Jerônimo de Albuquerque, s/n
Palácio Henrique de La Rocque – 2º Andar
Jardim Renascença – São Luís – MA
CEP: 65070-901

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda à sexta, das 13h às 19h

OUVIDORIA DA MULHER
(98) 98427-1002

(98) 98427-3681

De segunda à sexta, das 09h às 19h

Localização

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br