Secretaria de Estado da Mulher entrega o III Plano Estadual de Políticas para Mulheres à sociedade maranhense, em parceria com a ONU Mulheres Brasil.

Acessar fotos
29/03/2022

Na tarde de ontem (28), em solenidade histórica e emocionante no Palácio dos Leões, a Secretária da Mulher do Maranhão, Ana do Gás, entregou o III Plano Estadual de Políticas para as Mulheres à  sociedade maranhense, representada pelo vice-governador, Carlos Brandão, pelos movimentos de mulheres e feministas, pelos órgãos do governo do Maranhão, o judiciário estadual e na presença da comitiva da ONU Mulheres Brasil, liderada por Anastasia Divinskaya. 

O III Plano Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres do Maranhão estabele 10 políticas para a promoção da igualdade entre mulheres e homens no Estado, no sentido de fortalecer as mulheres social e politicamente, com a interiorização e municipalização das ações de gênero, oportunizando autonomia econômica, educação para cidadania, saúde integral e enfrentamento à todas as formas de violência e ao racismo estrutural, em especial contra as mulheres negras e indígenas, com reforço estratégico aos segmentos femininos minoritários, pensando o meio ambiente, a transversalidade de gênero no governo estadual e a gestão e monitoramento dessas políticas. 

O documento adquire contornos históricos ainda mais relevantes por contrastar com o desmonte da política nacional para as mulheres, no governo federal. Fruto de um longo e detalhado processo coletivo e plural, o III Plano Estadual de Políticas para as Mulheres surge sob a luz da experiência de 7 anos de avanços  na determinação e no acesso à mais direitos para as mulheres maranhenses. 

Momento Histórico

O III Plano Estadual de Políticas para as Mulheres do Maranhão é uma conquista histórica dos movimentos de mulheres e da sociedade maranhense, nos 15 anos de criação da SEMU.

É também uma conquista da gestão do Governador Flávio Dino que colocou a mulher no centro das ações de governo e se tornou referência para o Brasil, com a abertura da casa da mulher maranhense, a criação do Departamento de Feminicídio e a política de dignidade menstrual, que distribui absorventes menstruais gratuitamente nas escolas estaduais. 

A solenidade emocionante, conduzida pela Secretária Ana do Gás,  teve a presença calorosa  de mulheres que fizeram, fazem e continuarão a fazer a história de lutas e vitórias pela igualdade, tais como Antonieta Lago, secretária adjunta da SEMU, Neuzeli Pinto, do Fórum Maranhense de Mulheres, Lúcia Gato, do Conselho Estadual da Mulher, Anastasia Divinskaya e Ana Cláudia Jaquetto, da ONU Mulheres,  Laurinda Pinto, da assessoria do governador, Gisele Ribeiro, Gestora Municipal de Mulheres de Turiaçu,  Luciana Soares, coordenadora da metodologia do III Plano e Lourdes Leitão, a primeira secretária de Estado da Mulher do Maranhão e a vereadora Concita Pinto, Procuradora da Mulher da Câmara de São Luís. 

Além de Renata Apóstolo Santana, Secretária Extraordinária de Políticas para Mulheres do Amapá,  Márcia Jorge, coordenadora da Mulher do Pará, representando o Consórcio da Amazônia Legal e de representantes da Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (ANMIGA), da Articulação das Mulheres Indígenas do Maranhão (AMIMA), da Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos (CONAQ) e da Associação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas do Maranhão (ACONERUQ), mulheres lideranças, gestoras municipais, representantes de órgãos do estado e de municípios.  
 

Foram homenageadas, ainda, as chefes dos departamentos da SEMU, Rebeca Alexandre, Priscyla Freitas, Ana Rosa, Luciana Soares e Tamires Ribeiro, além de toda a equipe do órgão.

A comitiva da ONU Mulheres Brasil formada por Anastasia Divinskaya, Ana Cláudia Jaquetto, Cristina Maria Buarque e Taciane Araújo recebeu a menção honrosa por sua relevante e valorosa contribuição ao III Plano Estadual. 

É o Governo do Maranhão garantindo mais direitos para as mulheres maranhenses em suas diversidades, com políticas públicas efetivas e permanentes.